Já não vos chamo servos,
pois o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu chamo-vos amigos,
porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. Jo 15, 15

O que é ser amigo? Quem são os nossos amigos? Será que as amizades que temos são verdadeiras? Ou são apenas interesseiras? Quantas perguntas rolam a cerca das amizades? Confiamos ou não? Se confiamos arriscamos demais, mas se desconfiamos não somos amigos. Às vezes o melhor mesmo é ficar sozinho, mas nessas horas sentimostanta falta de uma boa conversa!

Que dilema! Talvez eu tenha lhe deixado confuso. Mas de fato, estas questões surgem quando pensamos no assunto. Não é mesmo?

Pois bem! Jesus, através do Evangelho de hoje vem nos ensinar o modelo perfeito da amizade. Ele diz:
Chamo-vos amigos porque vos dei a conhecer tudo aquilo que ouvi de meu Pai.
Está aí a chave para uma boa amizade.

O mandamento de Jesus é o amor. A Amizade baseia-se no amor e o Amor vem de Deus, pois Deus é Amor.

Isso nos dá a conhecer de que quem não ama, não é amigo. Só se pode ser amigo de quem se ama, caso contrário, não existe amizade.

Jesus nos disse que é o nosso amigo porque nos deu a conhecer o que ouviu do Pai. Que tal considerarmos nossos amigos aqueles que nos submetem de volta para o Pai?

Isso não significa que só vamos ser amigos de quem nos submete ao Pai, mas vamos ser amigos de todos com a intenção de subemete-los ao Pai.

Eu explico. Reconheçamos a presença de um verdadeiro sentimento de amizade naqueles que mesmo nos contrariando, nos impulsionam a fazer a Vontade de Deus, a fazer aquilo que Jesus ensinou. Esta é a condição para considerar que o outro tem a intenção de ser seu verdadeiro amigo. Quanto à nós temos de fazer o papel de aproximar-se daqueles que estão afastados de Deus com a intenção de recupera-los para o Caminho da Verdade, pois estão dispersos. Ainda não são nossos amigos, podemos ser traídos por eles, mas nós fomos amigos porque seguimos o modelo de Cristo fazendo-os conhecer aquilo que ouvimos Dele através da Palavra, através da Igreja.

A amizade que surge de dentro de nós independe da aceitação alheia, podemos amar sem sermos amados. Jesus é a maior prova disso.

A amizade antecipa na Terra aquilo que viveremos eternamente no céu.

A amizade nos liga ao outro de maneira tão íntima, que as almas se confundem sem deixarem de ser únicas, pois as suas diferenças se completam. O que falta num sobra no outro.

Ser amigo, é espelhar-se em Jesus; é amar o próximo como a nós mesmos; é desejar estar na eternidade com todos; é não permitir que se perca ninguém, afim de que o Corpo de Cristo permaneça completo, pois Ele é a Videira Verdadeira e nós somos os ramos.

Viva a amizade baseada no amor e o mundo respeitará plenamente as particularidades de cada um, vivendo um coletivo cada vez mais próximo do perfeito.

 

Façamos a Vontade de Deus.
LM-FVD

 

Curta a página do Programa Façamos a Vontade de Deus no Facebook e compartilhe mensagens de fé e de esperança, ajudando o próximo a ter acesso ao a Palavra de Deus.

https://www.facebook.com/FacamosAVontadeDeDeus